ericsson.com
Your location is listed as Global
Login

Ericsson anuncia novo time de liderança no Brasil

Ericsson anuncia novo time de liderança no Brasil
  • Novos líderes são apontados para unidade brasileira após reestruturação global da empresa 
  • Líderes se reportarão a Eduardo Ricotta, presidente da Ericsson Brasil
  • Configurações estrutural e organizacional das novas unidades de negócios fortalecem a execução da estratégia da Ericsson globalmente

Após reestruturação global, feita em junho desse ano, a Ericsson (NASDAQ: ERIC) anuncia novo time de liderança no Brasil. A empresa agora atua na forma de unidades de mercado, redesenhando a até então região da América Latina e Caribe em três novas unidades comerciais: Brasil, América do Sul (com exceção do Brasil) e México, América Central e Caribe.

Eduardo Ricotta, presidente da Ericsson Brasil, comenta: “O objetivo da reestruturação é otimizar a operação para melhorar a eficiência interna e a rentabilidade. A Ericsson tem por objetivo focar os investimentos em três áreas: infraestrutura de redes, internet das coisas e serviços digitais. Aqui no Brasil, já vemos as operadoras focadas em serviços e necessidades nessas três áreas por conta do aumento na demanda de interação e atendimento dos clientes via internet. Hoje, tudo passa a ser online. É uma tendência mundial”.

O executivo começou sua carreira na Ericsson em 1993 e ocupou posições de destaque na Europa, América do Norte e a própria América Latina, ao longo de mais de 20 anos de empresa. Mineiro, Ricotta é formado em engenharia de telecomunicações pelo Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicação) e entrou na Ericsson como trainee.

Com ele, passam a integrar o time de líderes da empresa no Brasil, os seguintes executivos:

  • Marcos Scheffer, vice-presidente de Redes;
  • Marcelo Freire, vice-presidente de Serviços Digitais;
  • José Rochetti, vice-presidente de Operações de Serviços;
  • Vinícius Dalben, vice-presidente de Estratégia;
  • Georgia Sbrana, vice-presidente de Marketing, Comunicação, Relações Institucionais e Governo;
  • Janaína Khatchikian, vice-presidente de Recursos Humanos;
  • Carolina Azevedo, vice-presidente da área Jurídica;
  • Denilson Santos, vice-presidente da unidade de produção e suprimentos de São José dos Campos;
  • E os vice-presidentes Luciana Pailo, Rodrigo Oliveira, Rogério Loripe, Luiz Antônio Tavares e Murilo Barbosa.

NOTAS AOS EDITORES

Se inscreva para receber todos os press releases da Ericsson aqui.

SIGA-NOS:

www.ericsson.com
www.twitter.com/ericssonbr
www.facebook.com/ericssonbr
www.youtube.com/EricssonBrazil
www.slideshare.net/EricssonLatinAmerica
www.flickr.com/photos/EricssonLatinAmerica/

MAIS INFORMAÇÕES EM:

Centro de Notícias

Luciana Leite, Comunicação Corporativa Ericsson - LATAM South
Fone: +55 11 2224-2018/ +55 11 94380-9382/ +55 11 99149-4950
E-mail: luciana.leite@ericsson.com

SOBRE A ERICSSON:

A Ericsson permite que os provedores de serviços de comunicações obtenham todo o potencial da conectividade. O portfólio da empresa abrange redes, serviços digitais, serviços gerenciados, negócios emergentes e é projetado para ajudar nossos clientes na digitalização, aumentando a eficiência e encontrando novos fluxos de receita. Os investimentos da Ericsson na inovação promovem os benefícios da telefonia e da banda larga móvel para bilhões de pessoas ao redor do mundo. A ação da Ericsson está registrada na bolsa de valores Nasdaq em Estocolmo e na NASDAQ em Nova York. www.ericsson.com

Na América Latina estamos presentes desde 1896, quando entregamos equipamentos pela primeira vez na Colômbia. No início do século XX aumentamos nossa presença na região ao firmar acordos na Argentina, Brasil e México. Hoje, estamos presentes em mais de 50 países da América do Sul, América Central, México e Caribe, com instalações completas, como unidade de Produção e Centro de Inovação com atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D), além de Centro de Treinamento. A Ericsson é a fornecedora líder do setor de telecomunicações com mais de 40% do mercado na América Latina e mais de 100 contratos de serviços de telecomunicações na região.