ericsson.com
Your location is listed as Global
Login

Ericsson convida indústria a participar do licenciamento para a Internet das Coisas (IoT)

Uma máquina automatizada de pagamento de estacionamento em uma rua da cidade.
Available in English Español (Latinoamérica) Português (Brasil)
  • Aprimorar a previsibilidade do licenciamento de patentes em dispositivos da Internet das Coisas (IoT)
  • Criar estrutura clara de direitos autorais em todo o setor para dispositivos IoT com uma função principal que não seja a conectividade sem fio
  • Acesso eficiente à conectividade sem fio promove a adoção mais rápida de dispositivos da IoT conectados e de baixo custo

À medida que a Sociedade Conectada continua evoluindo, cada vez mais coisas se beneficiam de estarem conectadas por meio da tecnologia móvel, desde navios e carros a sensores de irrigação. Os padrões abertos de celular incluindo 3G e 4G/LTE orientaram o mercado de massas de dispositivos de comunicação, criando um mundo onde tudo pode se comunicar na mesma rede, colaborar e se interconectar.

Empresas como a Ericsson, que gastaram bilhões de dólares ao longo de décadas para desenvolver tecnologias patenteadas que oferecem suporte a esses padrões estão comprometidas em compartilhá-los por meio de termos de licenciamento justos, razoáveis e não discriminatórios (FRAND). O compartilhamento de tecnologia foi uma característica do setor desde o início do esforço de padronização 2G GSM e, graças ao licenciamento de patentes FRAND, permitiu um incrível crescimento no ecossistema durante os últimos vinte anos.

O valor da conectividade sem fio difere bastante dependendo do dispositivo, capacidade e caso de uso. Por exemplo, um carro que oferece recursos de navegação, entretenimento, manutenção e segurança por meio da funcionalidade sem fio terá maior valor “conectado” do que um sensor de irrigação com capacidade de sinalização simples e ocasional. A Ericsson procura estabelecer um programa em que as patentes essenciais padrão sejam licenciadas de forma cooperativa e os termos de licenciamento sejam adaptados para refletir o uso, capacidade e importância da tecnologia sem fio essencial no dispositivo em questão. Por fim, o objetivo é criar um sistema previsível tanto para inovadores quanto para fabricantes de dispositivos da IoT.

Esse sistema de licenciamento visa dispositivos da IoT cobertos de forma eficiente por licenças de patentes necessárias e aproveitará os benefícios da cobertura de celular global, com taxas de licenciamento fixas por unidade, que reflitam o valor da tecnologia de conectividade para o dispositivo. Essa iniciativa promoverá a adoção mais rápida de mais tipos de ‘coisas’, manterá os mercados competitivos e fornecerá mais opção para os consumidores, além de simplificar o uso emergente e acelerar a adoção de tecnologias de Área Ampla com Baixo Consumo de Energia (LPWA) baseadas em LTE em dispositivos da IoT.

Kasim Alfalahi, Chief IP Officer na Ericsson, diz: “À medida que o mundo conectado continua evoluindo, os líderes de setores precisam avaliar modelos de negócio e decidir o que oferece maior valor às novas realidades que existem. Atualmente, conseguimos conectar coisas que nunca sonhamos que poderíamos antes e o potencial da IoT é enorme. A nova plataforma de licenciamento conjunta da Ericsson garantirá o licenciamento de patentes, recompensando de forma justa e devida, empresas inovadoras que desenvolvam e compartilhem tecnologias que capacitem padrões ao inspirar e permitir que as empresas desenvolvam mais oportunidades em nossa vida de conexão e comunicação.”

NOTAS AOS EDITORES

Se inscreva para receber todos os press releases da Ericsson aqui.

SIGA-NOS:

www.ericsson.com
www.twitter.com/ericssonbr
www.facebook.com/ericssonbr
www.youtube.com/EricssonBrazil
www.slideshare.net/EricssonLatinAmerica
www.flickr.com/photos/EricssonLatinAmerica/

MAIS INFORMAÇÕES EM:

Centro de Notícias

Luciana Leite, Comunicação Corporativa Ericsson - LATAM South
Fone: +55 11 2224-2018/ +55 11 94380-9382/ +55 11 99149-4950
E-mail: luciana.leite@ericsson.com

SOBRE A ERICSSON:

A Ericsson permite que os provedores de serviços de comunicações obtenham todo o potencial da conectividade. O portfólio da empresa abrange redes, serviços digitais, serviços gerenciados, negócios emergentes e é projetado para ajudar nossos clientes na digitalização, aumentando a eficiência e encontrando novos fluxos de receita. Os investimentos da Ericsson na inovação promovem os benefícios da telefonia e da banda larga móvel para bilhões de pessoas ao redor do mundo. A ação da Ericsson está registrada na bolsa de valores Nasdaq em Estocolmo e na NASDAQ em Nova York. www.ericsson.com

Na América Latina estamos presentes desde 1896, quando entregamos equipamentos pela primeira vez na Colômbia. No início do século XX aumentamos nossa presença na região ao firmar acordos na Argentina, Brasil e México. Hoje, estamos presentes em mais de 50 países da América do Sul, América Central, México e Caribe, com instalações completas, como unidade de Produção e Centro de Inovação com atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D), além de Centro de Treinamento. A Ericsson é a fornecedora líder do setor de telecomunicações com mais de 40% do mercado na América Latina e mais de 100 contratos de serviços de telecomunicações na região.